quarta-feira, 9 de março de 2016
Ah mas como eu queria acordar e ver o tempo do jeitinho que eu sempre gosto, colocar aquele vestido rodado e uma meia calça que comprei na promoção da Forever 21, como eu queria ter a certeza que um dia você estará na estação lotada me esperando para tomar um café antes do trabalho, e aí cada um iria para seu lado da cidade. Mas de noite, quando cair aquela garoa, você vai me ligar e perguntar o que eu quero de janta, eu vou dizer frango ao molho madeira, e aí, você chegará em casa com uma sacola enorme com a nossa janta, pois terá dó de me deixar fazer em plena sexta.
Os dias são sempre solitários, as pessoas hoje em dia são assim, não deixam que a luz entre por suas vidas e sim fogem da alegria dos outros. Não existe trabalho feliz, faculdade feliz, ou um relacionamento feliz, as reclamações são tantas que ao ver sobre a vida das pessoas só consigo enxergar o quão tristes e amargas estão ficando. E o amor? Ah! O amor, ele é tão lindo, sentar em uma cadeira de ferro, tomar um café tão quente que ele desaparece na fumaça, até esquecemos que ali é uma avenida movimentada. Tudo pode ser tão lindo inclusive o amor.
Eram oito da manhã, eu precisava sair correndo pela avenida pois chagaria atrasada, mas ali estava tão bom, parecia, só parecia que o tempo tinha parado, meus olhos se fixaram em um só ponto, pois é tão bom olhar para algo e saber que é seu, que está ali por você, que quer estar com você, e que faz "aquilo" por você. É tão bom saber que ao sair esgotada de tanto digitar textos haverá uma estação logo a frente com alguém te esperando para ir pra casa, ou apena te levar pra casa. Em um sábado de trabalho saber que no final do dia receberá toda aquele carinho que esperou a semana toda.
Um dia já se perguntou, quem lhe ama? Existem tantas formas de amor, existem tantos jeitos de declarar o amor, e somos livres para essas escolhas. Me orgulho tanto da forma de amar que escolhi, todos tem,os erros, defeitos e algo para melhorar, mas também temos, nem que seja lá no fundo o amor, ele é lindo, nos faz rir sem perceber, faz o dia melhor.
Quem te ama? Ah meu caro, essa resposta você sabe, mesmo não querendo você sabe, ou também já está muito clara há tempos, como para mim. Todos os dias devemos agradecer pelo amor que recebemos e por aquele que também estamos dispostos a dar, é um sentimento tão intenso, que se vivido de maneira certa por te deixar a pessoa mais feliz que pode imaginar.
Então se esforce, sinta primeiro seu amor próprio, sinta a vontade de amar, não é um sentimento passageiro, ele permanece, as vezes desaparece, mas sempre está aí, dentro de você pronto para transbordar e te fazer feliz.

Lari.F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas