segunda-feira, 28 de setembro de 2015
Esses dias estava vendo uns vídeos aleatórios na internet e escutei uma frase interessante: "Não se leve tão a sério", eu gostei, anotei no meu bloco de notas com o intuito de entrar lá para escrever um lembrete e ler diariamente, mas isso não rolou. Eu tentei anotar em um marcador de páginas, já que eu lia bastante, mas também não chamou minha atenção. Parecia que eu precisava ler diariamente aquela frase para conseguir não levar certos pensamentos, atos e mais pensamentos tão a sério, mas foi aí que eu pensei, não adianta um bloco de notas ou marcador de páginas, o meu desafio é viver, viver essa frase, fazer sentido na vida, não deixar que certas bobeiras atrapalhem os melhores momentos que eu possa vivenciar.
A partir daí, na verdade fazem vinte e quatro horas, eu traduzi para o inglês, coloquei como status de whatsapp... Sim as redes sociais fazem parte da vida, mudei a foto do perfil e fui dormir com o seguinte pensamento: Dane-se! Sim, dane-se, existem coisas na vida que se estão com a gente é porque estão com a gente, se estão ou não fazendo "errados" isso já não é consequência nossa, pois estamos ali, vivendo intensamente cada linha escrita. Se existem outros nomes, outras cores de cabelo, estilos de decotes ou cumprimentos de shorts, dane-se, é o meu que está ali, se curtem os outros tipos é só porque curtem e não porque querem aquele cumprimento de decote ou de shorts para passar a vida. Não faz sentido? leia de novo.
Muitas vezes precisamos que outras pessoas nos falem o que precisa mudar, para que a mudança comece, muitas vezes precisamos que outras pessoas falem e abra nossos olhos para percebemos que existem coisas que estão nos fazendo um baita mal, muitas vezes precisamos ser alertados para não deixarmos as pessoas que amamos injuriadas. Isso nos faz mal, não se levar tão a sério deveria ser uma lei mundial, porque muitas vezes colocamos ideias na cabeça, ou sentimos tão intensamente um sentimento ruim que atrapalha nossas vidas, ou o relacionamento com alguém que amamos muito que não damos conta que uma coisa bem pequena acabamos levando tão a serio, e não teria necessidade nenhuma de certas ações, palavras, atitudes. Sério, as coisas nunca são como achamos que transparecem, muitas vezes elas são diferentes, mas acostumamos tanto com a ideia ruim de algo que já aconteceu, que não conseguimos olhar a diante e ver que não é tão sério assim, não se limite, você faz a sua parte, não se leve tão a sério, você está aí tão intensamente, que não precisa de um galão de água quando já se tem um copo.
De novo, dane-se, não ligue para outros nomes, cores, cumprimentos ou decotes, o seu está aí e é isso que importa.
Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas