sábado, 8 de agosto de 2015
Sabe quando você se sente estúpido por ter feito algo e depois de um minuto se arrepende, pois é. A vida tem dessas né, a gente luta com nós mesmos para que nem tudo o que queremos saia da nossa boca, ficamos o dia todo treinando para ficar com o melhor sorriso e ter o melhor sábado possível, mas infelizmente algo tão pequeno você consegue transformar em uma tempestade e acaba até afetando algo que não merecia, algo que estava tão bom que não precisava disso...Ah mas não precisava mesmo.
Pode até parecer imaturo, coisa de criança, mas eu não sei o que há, em nossa cabeça não somos assim, mas existem coisas que de repente começam a sair pela sua boca e você não consegue controlar, o olhar muda, o sorriso some, e o que você faz? Nada, mas sabe porque? Porque não consegue controlar algo que já passou, mas você guarda tanta coisa na cabeça e no coração que uma hora transborda sem motivo algum e acaba atrapalhando algo lindo e intenso e você se sente a pessoa mais estúpida do mundo.
Exatamente, estupidez, isso pode ser diagnosticado assim, é exatamente essa palavra que me descreveria no momento. Eu não entendo essa coisa que o ser humano tem de tentar concertar algo que ele acha que está errado, mas não está, algo que ele acha que foi grande coisa, mas já caiu no esquecimento, aí acaba afetando quem mais ama e o que você faz? Enche o saco da pessoa até ela se esgotar e você fica sendo uma pessoa mais estúpida ainda... O que custa ser normal? Centrada? Ou apenas saber abrir a boca, ou saber agir conforme os momentos.
Não entendo o fato do desespero é uma coisa que atrapalha tanto, ele deveria ser segurado, mas tem hora que ele atrapalha tanto, aí você começa a falar igual uma matraca, não consegue controlar as mãos para parar de mandar mensagens, ou não controla a boca para parar de pedir desculpa instantaneamente, é uma coisa monótona. É uma confusão a cabeça, você não sabe o que faz e quando vê já está chorando, você não consegue ficar normal, até ver a pessoa novamente e dar um abraço, seu dia só vai clarear quando você ver a pessoa e dar um abraço, você vai se sentir menos estúpido quando ver a pessoa e dar um abraço, você vai conseguir ter uma noite tranquila quando ver a pessoa e dar um abraço, quando ver a pessoa e dar um abraço, ela pode te achar estupido, mas fazer o que né... Você que faz uma tempestade em copo d'água, não sabe ficar quieto e deixar para lá quando o necessário, aperta em uma tecla e esquece de deletá-la, senta e esquece de levantar-se, fecha os olhos e esquece de abrir. Nunca se esqueça que certas coisas podem desgastar o que mais preza na vida, e que a paciência não é algo eterno. A estupidez pode lhe fazer mal, não deixe que uma gota de chuva vire uma tempestade por pequenos atos, há coisas que não valem a pena ficar derramando lágrimas, apenas abrace quem você mais encheu o saco por certos assuntos, e não sejas mais estúpido.
Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas