quarta-feira, 1 de julho de 2015
Sabe quando você ama tanto, mais tanto que quer escrever trezentas mil palavras para descrever tudo isso, mas acaba não dando tudo isso porque o amor geralmente não tem definição? Pois é, certas coisas tem o seu tempo certo... E quando ele chega tudo fica incrivelmente lindo.
Há três anos nada parecia tão colorido assim, as coisas quando são complicadas, elas são realmente complicadas. As vezes existem motivos, acasos e significados para tudo, as vezes a hora certa não é a que esperamos, e aquilo que sentimos tão forte deve ser guardado para outro momento. E foi assim, no ano de dois mil e treze alguns sinônimos e significados eram diferentes, amar tão intensamente poderia ser precipitado, podia não ser a escolha certa, podia não ser o que os dois queriam, ou era, mas eles não estavam prontos. Era exatamente isso, existiam obstáculos muito fundos a serem passados, as vezes eles não queriam passar por eles, vai saber... Foi uma aventura, andar uma avenida inteira por um beijo escondido, (não) ver um filme todo sem ninguém saber, apelidos carinhosos, elogios a parte, conselhos de sempre, o coração palpitava, na verdade ele estava quase saindo do meu corpo e sendo embrulhado para dar de presente. Algumas coisas acontecem e não são por acaso, a gente se magoa, se quebra e chora, mas isso serve para fortificar a vida, as atitudes, serve de amadurecimento.
O coração fica fechado por uns tempos, mas o sentimento não é jogado fora, ele fica em um lugar especial, porque ele sabia que um dia iria voltar. E foi assim há um ano e dois dias atrás, na verdade mais um pouquinho de tempo. O destino faz as coisas de maneira estranha, como ler um texto e lembrar da pessoa, e com um texto alguns sentimentos mexerem bem lá dentro de você, pois é, a vida tem dessas. Foram algumas semanas de conversas e conselhos, algumas semanas de elogios, alguns beijos, não vou negar, as coisas estavam lindas novamente, porque quando elas tem que acontecer, ah meu caro, elas acontecem. Parecia que os obstáculos tinham sumido, ou apenas alguns deles, ainda o medo ficava à tona, mas parecia que com o tempo não importava mais tanto assim, se tudo voltou a acontecer alguma coisa tinha que dar certo, o medo de não dar certo e um perder o outro era nítido, isso impedia um pouco o destino trabalhar, mas fazer o que, tudo o que está escrito deve ser feito. E foi assim que tudo aconteceu, lágrimas caíram de emoção no dia vinte e nove de junho, eu não sei se ele sabe das lágrimas, mas não sei, parecia que eu já tinha embrulhado e entregado meu coração uns anos atrás, vai saber se ele devolveu aquela época ou quis guardar para a próxima vez. Já estamos no nível dois, aquela parte que um ano se passou e agora as coisas ficam mais intensas ainda, que a cumplicidade é fortificada, o amor, ah o amor, ele continua lindo, emocionante e me fazendo suspirar, os abraços ficam mais fortes ainda e o carinho de um pelo outro mais bonito.
Os acasos são incríveis, quando é para algo acontecer ele vai acontecer. Quando o amor sempre existiu um dia ele vai renascer, só devemos deixar o tempo que o destino manda, para nos preparar para algo ainda mais bonito, e foi assim que aconteceu, o acaso fez o amor ficar mais maduro, mais forte e mais lindo, embrulhado para presente, o meu coração, meus suspiros e meus sonhos, pois eles já fazem parte do amor. Eu te amo <3
Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas