quinta-feira, 1 de janeiro de 2015
Nós acabamos as vezes soltando coisas da garganta que não deveríamos, palavras e acontecimentos que principalmente em um ano novo deveríamos  voltar para a parte do início, colocar uma borracha em certas coisas e apenas dar passos com o pé direito. Mas não sei o que acontece, o fluído disso é mais forte.
Sabe o problema de achar que está magoando as pessoas e pedindo desculpas à cada segundo, mas que na verdade as desculpas e o problema são seus e as mágoas também são suas, isso é insegurança, mas existe um outro sinônimo também que o ser humano ainda não descobriu. Existem tantas, tantas coisas que te fazem fraquejar ou querem atrapalhar a alegria que saltam de seus olhos que o único remédio é olhar para as estrelas e pedir para que tudo volte ao começo e o restart seja dado, mas as vezes isso já é tarde e você quer concertar mas já está no nível hard e tudo piora. Não estou falando de brigas, mas sim de palavras que deveriam ficar guardadas e o medo de magoar, ah! Isso mata.
Devíamos apenas olhar para a frente e correr pelo caminho mais verde ou da cor que preferir, é tão fácil, pena que procuramos o mais complicado e intenso. A vida é assim, infelizmente.
Eu realmente gostaria de  voltar há duas horas atrás e apertar o start pela primeira vez e não falar nada, tem coisas que falamos e nos arrependemos e pedimos desculpas sem necessidade porque escolhemos fazer aquilo e pronto já foi não há o que reparar e não pode ser assim. Muitas vezes o nosso mundo está fechado aí saímos dele e batemos a testa  na realidade, Estes parágrafos serviram para pedir desculpas à aquilo que nem eu bem sei o porquê, mas que complexidade.
Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas