sexta-feira, 3 de outubro de 2014
Nem tudo são flores, nem tudo é colorido ou com sol de verão. Existem aqueles dias que perdemos o sono e não encontramos um real motivo da insônia...Ou sabemos e não queremos assumir. Certas coisas martelam na cabeça e acabamos ficando tontos de verdade. Como uma tempestade de areia.
Olhar para o céu e perceber que as horas não passam, sentir a brisa no ar e aceitar que o tempo vai demorar um pouco, ter um nó na garganta e querer saber o porque está esfriando, o vento está mais forte por aqui, minha mente gira.
Abro meu livro favorito e lá está uma pétala de rosas amarelas, e começo a lembrar de um dia especial, ah! Como aquele dia foi especial, me emociono com surpresas .Leio a frase mas especial que está destacada com caneta cor-de-rosa, e isso me faz chorar, lembro-me de momentos que não voltam, e sinto que minhas horas não passam, me sinto sem uma parte importante.
Quando não sinto sono, gosto de pensar em sonhos que gostaria de ter durante a noite, fecho os olhos e esqueço de tudo, mas hoje, ah hoje! Está diferente, não consigo pensar, há coisas na cabeça, mas não quero falar, abro o livro de novo, e mais uma pétala de rosa amarela caí, e duas lágrimas sem querer escorrem, hoje é um dia estranho, eu fico sonhando momentos ainda não vividos...Olho pela janela e vejo que ainda não se passaram das três da manhã, estou com vontade de sair correndo a procura do abraço mais especial do mundo, onde meus olhos conseguem se fechar e imaginar lugares mágicos, me sinto completa, livre e meus olhos não querem abrir.
Meus parágrafos podem estar um pouco confusos, é que a noite passada foi estranha, abri a parte de trás do livro favorito e anoitei alguns propósitos que hoje comecei a exercer, parece idiotice mas valem a pena, e aposto que tirarei mais sorrisos assim.
Olho-me no espelho e vejo que esqueci de tirar a maquiagem, e por três lágrimas terem escorrido está borrada, mas deito mesmo assim, olho pela janela e se passam das três, preciso dormir, amanhã (hoje) será um novo dia, e contarei as horas para que a tempestade de areia passe e o amor aperte a campainha. Se está lendo isso, essa confusão... Eu te amo, além da vida.
Lari. F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas