terça-feira, 7 de outubro de 2014
As vezes passamos por coisas fora do comum, em um mundo fora do comum, com pessoas fora do comum. Muitas vezes sinto saudades de casa... Mas o que posso fazer, estou à quilômetros, milhas, seja lá o que for.
O pior de tudo em viver naquela cidade considerada dos sonhos é não ter ninguém pra contar, tenho a Magali, mas ela é uma gata, não me responde... Queria tanto um colo quente, aquele café forte, e olhares fracos chorando junto à mim. Eu não gosto de distâncias, elas me entristecem de uma maneira assustadora, hoje ainda é o terceiro dia da semana, minha tristeza aumenta ainda mais. Construo um sonho aqui, quando olhei essa cidade pela primeira vez chamando-a de casa, pensei que os arranha-céus pudessem curar minha solidão, ou aqueles chuviscos de fim de tarde fossem me inspirar...Foi o contrário, arranha-céus me lembravam amor, chuviscos a solidão, e a praça mais bonita tornou-se o lugar mais deprimente, nem o pôr-do-sol me alegrava mais... As vezes buscar os sonhos nos faz ser frios por dentro...Mas só por dentro.
Crescemos e lutamos para amadurecer, mas meu caro, te digo, nós somos as mesmas crianças que brincavam de casinha e fingia que a cabana era o último andar de um apartamento na cidade grande. Difícil olhar pela janela aberta às três da manhã e perceber que se tornou realidade, mas e os sorrisos, o cheiro do café forte, e torta de frango, escutar os trovões e não ter outra cama ao seu lado para juntar, ver uma coisa engraçada na Tv e gritar para alguém correr e ver com você... A pobre crise dos vinte e dois, me faz sentir só nesse mundo cheio de gente que não é ninguém.
Gostaria tanto da geleia de goiaba piadas sem graça, gostaria tanto que o segundo controle do meu video-game fosse usado, gostaria tanto de uma ajuda para retocar meu ruivo... É o sonho é grande, mas a solidão se torna maior ainda, agora penso, arranha-céus, avenidas movimentadas e chuviscos da tarde não me inspiram, o que realmente faz meus olhos brilharem são as conversas malucas e o amor...Ah! O amor.
Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas