domingo, 22 de dezembro de 2013
Eu não gosto de falar segredos, muito menos de contá-los, mas aí dizem que sonhos são segredos, ou os segredos são sonhos...
Confusões e coisas espalhadas pela mente, todos estes desencontros deveriam ser queimados daquilo que chamamos de consciência, a vida é tão fácil quando o assunto é sonhar, pois isso é a única coisa que ninguém, ninguém mesmo pode nos impedir, as vezes me sinto nas nuvens de tantos sonhos, mas aí eu acordo, a mulher chegou para pintar meu cabelo, o ruivo do mês eu nem sei o nome, não importa a vida na capital me deixa em transe, como um sonho adolescente aos vinte dois anos.
Gosto de acordar pela manhã com o cheiro de tinta de cabelo no banheiro do quarto, isso me lembra o sonho de fazer mechas rosas e verdes. Não tenho calças jeans no closet, apenas saias, vestidos e meia calça, minhas pernas são grossas, para pegar o metrô geralmente não são as melhores escolhas, pois sempre tenho que passar na Starbucks perto da estação para pegar meu café da manhã, a frase mais falada do meu dia é : O de sempre, por favor, a rotina nem sempre é favorável quando se passou da adolescência e a obrigação de virar gente grande já passou de obrigação. Trabalhar no prédio mais alto da Paulista, onde o Mc Donald's é seu melhor amigo á passou de ser a vida perfeita, pois durante três anos na faculdade, quando ainda era morena, o mesmo ficava ao lado do campus com promoções de hambúrguers. Pessoas intrometidas, querendo saber do seu próximo namorado e a balada movimentada virou a coisa mais massante do universo, odeio drama e ficção, comédia é o meu favorito, por isso trabalho numa revista de moda, modelos magras e editores achando que vão impressionar a próxima estação, por sorte deles sou eu que escolho as roupas, mas já vou dizendo, escolho as bonitas, não as capas de revista onde as modelos estão com cara de dor.
Descrever minha vida é mais entediante do que o restaurante japonês depois da meia noite, gosto de terminar o expediente sentada numa calçada em frente ao café que todos frequentam, mas sou diferente, meu lugar favorito no mundo se encontra na mente das pessoas, onde se passam sonhos e segredos de uma vida obscura e difícil de decifrar, seja de um homem engravatado, ou de uma mulher de chinelos, nossos segredos são os sonhos mais complexos de decifrar.
Ter vinte dois anos não é fácil Abigail, mas faço da mente minha janela para a alma.
Lari F

4 comentários:

  1. Nossa oque é isso meu amor ? Meu santo Deus que perfeição escrita é essa ? Nossa amei e vou compartilhar vou mostrar para os leitores do meu blog...
    Nossa amei mesmo eu também sou blogueiro e sonho em ser escritor...Faço Diários dez dos meus 6 anos de idade... Estou escrevendo um romance hahahaha mas esse vai ser mais um livro meu... sabe quando a gente percebe que a pessoa gosta da gente justo quando ela deixa de gostar ? Bom, fala muito disso...Nossa gostei muito do seu blog se poder me add no facebook fiquei com vontade de te conhecer e se um dia lançar um livro eu comprarei !
    https://www.facebook.com/andrefelipecardosoo

    ResponderExcluir
  2. Show!!! Adorei!!! Você escreve muito bem!! me identifiquei com o cheiro da tinta vermelha no banheiro! Adoro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, cheiro de tinta no banheiro ? Típico e adoro hahahaha beeijos e obrigada por ler (:

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas