sexta-feira, 6 de dezembro de 2013
Eu vivo falando de liberdade, enquanto meu café esquenta, sinto um vento leve na calçada do museu, geralmente morar em uma cidade tão grande me faz sentir muito sozinha, quando bate aquele aperto venho para a avenida mais bonita de todas, na cafeteria mais perfeita, fecho os olhos e fico imaginando tudo o que vejo em preto e branco, me sinto mais confortável, vai entender.
Não me julgue por todos os dias escrever sobre liberdade, ela me domina, completa, a desejo tanto que não há explicações. Desde que saí do interior deixei de ser a filha perfeita, devo ter dado um pouco de "desgosto" pros meus pais, mas precisava abrir a cabeça e conhecer o real motivo da vida, comprei um apartamento com as economias e um gato preto que se chama Magali. Tento minha vida por aqui, numa editora não muito conhecida, minha sala é o escritório, minha varanda a sala de jantar, e meu quarto tem uma arara com a coleção de saias que eu mau uso.
Minha parte favorita do dia é descer do metrô e andar a avenida inteira até chegar no escritório, é tudo tão diferente, não fora do normal, mas gosto de entrar na cabeça das pessoas, adivinhar sua vida e sonhos, cada um é diferente, acho interessante os clichês de liberdade que cada um defende.
Novamente estou aqui, ah meu caro! Coloquei minhas galochas favoritas, porque em dia de chuva pulo pelas poças de água igual criança, vestido e meia, e um casaco vermelho que poderia me enxergar no começo da avenida, entrei na cafeteria e pedi uma dose do clichê chamado liberdade.
Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas