quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Poderia considerar aquele dia um dos mais felizes da minha vida, o primeiro foi quando adotei a Magali, depois veio a oportunidade de morar em São Paulo, meu um ano de namoro com o Mário... Mas essa surpresa ? Meus Deus, estou em choque e só sei chorar. Mário enchugou minhas lágrimas, de tanto soluçar não conseguia falar, havia muita gente em nossa volta, tirando fotos ou filmando, virei celebridade por um dia, engraçado, afinal ainda não era uma escritora conhecida, mas tudo bem, era um momento memorável onde não viveria outra vez. Olhei para ele e perguntei onde tinha arranjado aquele livro com fundo falso ele riu e me respondeu dizendo que fez com sua própria imaginação, nos olhamos e rimos juntos.
Eram mais ou menos oito hora da noite quando conseguimos sair da livraria, talvez sairemos na internet por um dia desses, não duvido. Mário me convidou para ir ao Parque do Ibirapuera fazer um piquinique, não sou muito fã de sentar numa grama com formigas querendo me morder, mas já estavávamos com roupas confortáveis e uma mochiça nas costas, por que não ? Na vida sempre precisamos de alguém para rir mesmo se a paiada não for boa, trocar olhares sem ao menos dizer nada, nada mesmo, quando estamos sozinhos tudo passa a ficar sem graça, principalmente quando se mora com uma gatinha preta que só sabe dormir, em um apaertamento novo cheio de caixas e minúsculo, o verbo sorrir compromete um sinônimo chamado felicidade, isso quer dizer que ao instante onde temos alguém para compartilhar sorrisos, tudo fica lindo, tudo fica mágico.
Bem, estava me sentindo em um filme de comédia romântica, onde o mocinho diz que ama a garota na estação de metrô no final da última cena, mas minha vida não era tão típica assim, depois de cinco anos ela estava tomando um caominho um tanto diferente. Quando estávamos no ônibus Mário me disse que antes de vir pra cá passou na casa dos meus pais pedindo minha mão e contando toda a surpresa, minha mãe chorou e disse que nunca viu nada tão lindo, ele ficou se achando, certeza, já meu pai deu a bênção já que a família é religiosa e desejou felicidades e que a surpresa desse certo. Achei muito bonito da parte do Mário fazer isso, estamos junto à tanto tempo que dar este passo é realmente nada fácil mas ao meio de entretantos é mágico, completamente lindo e meus olhos enchem de lágrima ao dizer que fui pedida em casamento.
Chegamos no parque já estava na parte da tarde, quase fui atropleada por um skatista de cabelos longos, e isso me lembrou a época que levava muitos tombos naquele lugar tentando andar de long, a famosa fase de rasgar as calças e usar lenços no cabelo, minha tia como melhor amiga e oytras amigas que tinham quatorze anos na época em que eu tinha desessete, nada normal. Mário disse para procuramos uma sombra, pois o sol de depois do meio dia era forte, sempre, sempre "certinho", em todos os aspectos possíveis, ele chegava no meu apartamento tirando todos os telefones de  fast food da geladeira substituindo por "matos" que ele comprara no supermercado, mas não tinha problema na segunda eu saia para trabalhar e pegava os números de novo, não consigo entrar em dieta, sou compulsiva por aquilo que chamamos de "porcarias", mas terei de me controlar, agora vou casar com o senhor saudável, professor de educação física. Achamos uma sombra perto das quadras do parque, não tão distante do jardim japonês que era nosso lugar favorito lá, ele esticou a típica toalha xadrez e sentamos, Mário tinha preparado todo o piquinique, sauíches, sucos e frutas, deitamos na grama e ficamos quietos por um instante esquecendo da cidade louca que eu morava e com toda a certeza sonhando com o nosso futuro, que bem não seria mais incerto, tínhamos alianças douradas em nossos dedos agora, isso significava que a mágica que sentimos chamada amor, se renovaria a cada dia...
#Continua...

Lari.F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas