segunda-feira, 17 de junho de 2013
Sobre protestos, guerras e manifestações. Os jovens de nosso querido século XXI, não buscam apenas "músicas chicletes" e "intercâmbios". Por muito tempo, nós, jovens, ou os considerados "velhos" ficamos camuflados por uma guerrilha de enganações e falsas promessas, nos acaharam ingênuos e com falta de argumentos para tanta sujeira, neste país que chamamos de gigante, onde apenas um esporte é privilegiado, não estou acusando os amantes do mesmo, mas sim impondo que existem mais bolas não somente a Cafusa, e também outros atletas não somente o "craque" que foi para a Europa, deixando a querida Pátria Amada de lado, por um sonho ? ($) Bem, assim penso, por onde estávamos andando, nós, estavamos impuros ao meio de tanta gente que pisava num chão frio e sem vida, de uma Pátria chamada Brasil.
Nos deparamos com a famosa mídia, um conceito que segundo o dicionário é : "Veículo ou meio de divulgação da ação publicitária." (http://michaelis.uol.com.br), e agora ao analizar, apenas manchetes e vinhetas, o que a famosa imprensa quer que a sociedade pense, os vândalos estão acabando com o país, que estamos os depravando, acabando com o patrimônio público, o píor estamos atacando militares, que segundo eles, não estamos lutando pelos direitos dos mesmos, pois não fazem parte dos servidores públicos. Infelizmente acabamos nos deparando em plena Alemanha em 1939, onde a "mídia" mostrava à população apenas as restrições do que estava e poderia acontecer ao meio de tanta guerra, eles eram enganados, censurados, não obtinham a própria visão, apenas os olhares em que os manipuladores gostariam que tivessem. Em 1964, nossa Pátria se manteve em um cácers privado, onde "calaram nossas bocas", o direito de livre cantar, livre escrever, livre viver, foi substituído pelo direito de se manter calado. Meu caro, ligamos nossa televisão, computador, seja o que for nos deparamos com a mídia sensacionalista, onde todos nós jovens, ou não, somos vândalos querendo destruir o patrimônio de nossas cidades, somos terroristas, apenas mostrando para a sociedade que nosso país acordou, somos soldados do exécito vermelho, querendo destruir os ônibus pois ainda acham que é por causa de R$ 0,20 toda essa chamada "guerra", mas NÃO! Somos a própria geração chamada de depravada, que por muito tempo foi camuflada, eles não nos deixaram saber de tudo, eles não nos deixaram escrever de tudo, eles mentiram, eles nos oprimiram.
Apenas a chamada geração coca-cola que por muito tempo ficou apagada, esperou a gota d'agua para causar o trantorno de mudar o país, jovens, estudantes, seja de engenharia, pedagogia, ou jornalismo, juntamos tribos, opiniões e conhecimentos, para argumentar, manifestar e mostrar, o quão mentiroso pode ser um governo que é dos "pobres", onde a saúde é "privilegiada", a educação é o principal objetivo, e a moradia favorece à todos. Ao momento em que estamos fartos de tanta angústia de mudar, onde tivemos a oportunidade de conhecer revoluções em livros de história apenas, a vontade de vivenciar, e ver que tudo aquilo não acabou, querer mostrar tudo que foi aprendido na prática foi imensa que aqui estamos nós, os revolucionários apelidados de "terroristas", tentando mudar aquilo chamado de Pátria Amada Brasil.

Lari F 

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas