quarta-feira, 24 de abril de 2013
Hoje quero argumentar sobra uma tal situação na vida, a falta de amizade. Por esses dias me pego pensando na falta de velhos tempos, que na época eram para durar eternamente.
Uma garota onde tinha uma amizade que dizíamos: "era eterno antes de ser", percebe que nunca foi. Ela deitou-se sobre os livros e realmente refletiu sobre isso tudo.
Sua vida foi banhada por amizades incompletas, principalmente as que vieram de infância. Se sentir fechada, onde estava privada de rir, falar "bobeiras", noites em claro e chorar em filmes "bobos", pois não tinha "amigas", isto é realmente surpreendente, mas não para ela.
Há meses se sente inexplicável ao descrever este tipo de solidão, planejar a vida e dividir sonhos, somente em seu auto-consciente, pois não compreende a falta de uma "amiga", rir e chorar, abraçar e bater, é parte de um futuro que mal existiu. Passam fotos e momentos em sua mente e rapidamente entram em um baú com  uma senha indestrutível. A garota cansou de correr atrás e decidiu privar-se de risadas e "bobeiras" as transformando em lágrimas e a falta de desabafos.
Ela apenas encontrava palavras para retirar mágoas, seu ombro estava só, seus segredos estranhos estavam cada vez mais esquecidos.
A falta de amizade pode trazer insegurança e lágrimas jogadas fora, pois surge uma solidão diferente, onde os livros velhos e as palavras são seus melhores amigos.

Lari.F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas