segunda-feira, 22 de abril de 2013
Apenas não entendo a maneira em que o rancor domina as pessoas de maneira inesperada, para mim este tipo de pessoa não sonha. Isso é um caso que podemos considerar sério, como as andorinhas da mente de uma pessoa não se liberta ? Isso para mim é lástima.
Andando pela a Avenida Paulista eu entro em um tipo de "transe hipnótico", pois tento entrar na cabeça de cada um que vejo andando em minha frente. São muitos estilos e vidas que podemos perceber, e milhares de vidas retomadas.
Podemos perceber que a acada cabelo verde ou pink, uma felicidade exalando sonhos, mas ao ver uma mulher no final da avenina, com um rosto neutro e olhar distante de toda a agitação, fico observando  e tentante entrar em sua mente. Começo a criar situações prováveis de sua naturalidade ao andar e viajar por este mundo, acabo pensando nos possíveis sonhos desta pessoa, o que lhe trás tanta infelicidade e o prende em um olhar tão fixante, será um amor ? Percebo lágrimas e de repente a Avenida acaba ficando cinza, os arra céus liberam faíscas e esta mulher, cujo o nome eu desconheço, com roupas executivas, esquece da vida e senta ao meio de uma escada qualquer e fica em prantos e desesperada, minha atenção não é mais disfarçada, a mente dela está perturbada por um sonho que foi como um espelho, quebrado em sete pedaços, para ano de azar, sua vida parou e fico sem rumo, algo a chateou como nunca, seu maior sonho, foi transformado em um monstro indestrutível, feito por aquele que mal sabia sua vida. Mas o pior seria se esta mulher não estivesse sonhado, e ficasse parada no tempo esperando algo cair de arranha-céus enormes e acertar sua cabeça num "estalo", ter uma iniciativa nem sempre quer dizer que algo vai dar certo, ou que sua vida será brilhante, existem aqueles que necessitam de um toque de realidade e saber o real significado de batalhar na vida.
A mulher se vai, desaparece com o vento do outono, e da lanchonete fico pensando em quantos arranha- céus ela já foi acertada.

Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas