sexta-feira, 9 de novembro de 2012
O que ela vê ? Às sete da manhã, olhar para um portão azul que dá abertura ao submundo,mas começava a sentir uma tristeza de ver a menina andando até o portão contra sua vontade, só que até quando isso irá continuar ? Uma expressão triste de mais um dia neste lugar lastimável.
A garota lutava contra paredes verdes e criaturas que ao ver aparecia a vontade de chorar. Sair de lá parecia impossível, ela não suportava a querida elite reinando o submundo. Um espaço onde tinha, feiticeiros, bruxos, plebeias querendo ser princesas, onde se sentir invisível não é um fato.Mas essa garota levava um arrependimento consigo pois por falsos argumentos, teve de ficar neste lugar triste e estranho.
Não queria se redimir a provocações, mantinha a cabeça erguida quando sua única vontade era fugir e jamais, jamais voltar, ela não conseguia parar de imaginar a lastima que a esperava a cada dia.
Um lugar onde somente os poderosos tinham razão, pobre garota, tão pequenina, não merece se sentir mal neste lugar. Só espero que este pesadelo acabe, pobre garota, isso vai passar, seja forte, ela é, fique forte pequenina.

Lari F

0 comentários:

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de jornalismo,20 anos.Tenho uma paixão por romances, Paris, cor de rosa e morangos. Gosto de dias nublados e arranha-céus ... Apenas leia meus sonhos líricos.

Visitas

Instagram

Curta no Facebook

Twitter

Followers

Translate

Larissa Figueira. Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas